google-site-verification=AKi5SW-FdPELrkP0EVI_sSEFSpPX5URKD8pBX6q8wYs

Criança não chora à toa. Ela quer comunicar algo!

Quem chora tem motivo, certo? E por que com as crianças seria diferente? Fico triste quando vejo um adulto criticando um bebê que chora com frequência. Rotulam a criança como "chorona" e não procuram saber o real motivo.


Quando a criança não sabe falar, fica difícil saber a razão do choro. Cabe ao adulto investigar e não criticar! Choro pode ser dor, fome, roupa desconfortável e, até mesmo, tristeza! Sim... Até os bebês podem sentir tristeza... Principalmente quando lhes falta afeto!


Há choros que são para chamar a atenção... Esses tipos de choros também sofrem preconceitos porque são tidos como uma forma manipuladora da criança... Mas o que poucos se questionam é qual o motivo da criança tentar chamar a atenção. Se ela chama a atenção não seria porque lhe falta isso, a atenção?


Investigue a razão como um ato de amor! Caso não encontre a razão de imediato, invista no carinho! Pegue-a no colo, ofereça água, cante uma música baixinho, dê um passeio, converse... Conforte seu coração! Mais tarde, procure os motivos e trate deles da maneira correta! Esta criança que chora precisa de você!!!


Seja o adulto nesta relação e respeite o que é próprio da infância! Criança criada com respeito e amor vira um adulto emocionalmente saudável e feliz!


Um abraço!

  • Telegram

©2020 por Jane Prado.